Caixa Cultural apresenta Afrofuturismo: Cinema e Música em uma Diáspora Intergaláctica
Terra


Como podemos definir o Afrofuturismo?
O debate, que aconteceu no cine Caixa Belas Artes, no dia 28 de novembro de 2015, apresentou o tema a partir da sua transdisciplinaridade: no cinema, na música, na literatura e nas artes visuais. Os palestrantes discutiram as formas como os artistas e ativistas brasileiros dialogam com a estética e o conceito do Afrofuturismo.

Palestrantes:
Carlos Calenti (Jornalista e Pesquisador)
Leila Negalaize Lopes (Ativista, Coletivo Egrégora Afrofuturista, panelladexpressao)
Tulio Augusto Custódio (sociólogo, Coletivo Sistema Negro)
Mediadora: Kênia Freitas (Curadora da Mostra Afrofuturismo).